Por que (ainda) não vale a pena trocar seu videogame - David de Oliveira Lemes, Ph.D.
David de Oliveira Lemes, Ph.D.

Por que (ainda) não vale a pena trocar seu videogame

Primeiros jogos desenvolvidos para Xbox One e PlayStation 4 não devem explorar recursos avançados das novas plataformas.

O que deve mudar nos jogos da nova geração são realismo e suporte on-line. “As grandes franquias vão apresentar games com gráficos ainda mais realistas e mais integração com a nuvem em ambientes multiplayer. Fora isso, o que fará dos próximos jogos títulos históricos são boa jogabilidade e um bom enredo”, diz David de Oliveira Lemes, professor do Departamento de Computação da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Ele confirma a tendência de que os consoles serão mais abrangentes na oferta de recursos. “Os novos consoles não servirão apenas como simples videogames para as famílias, e sim como uma central de entretenimento digital para o lar.”

Leia a matéria completa aqui.

Por que  ainda  não vale a pena trocar seu videogame   Vida Digital   Notícia   VEJA.com

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: