O que são metodologias ativas de ensino?

metodologias ativas de ensino

Sala de aula, quadro, professor falando sobre o conteúdo, alunos ouvindo, avaliação ao final. Todos estes elementos fazem parte de uma sala de aula e forma de ensino tradicional, tudo que não compõe o que é conhecido como: metodologias ativas de ensino, nosso bate-papo de hoje.

A maioria de nós se formou ou está acostumado com a metodologia de ensino tradicional, a chamada metodologia passiva de ensino, onde o professor é o protagonista da educação. As metodologias ativas de ensino propõem justamente o contrário, quem é o personagem central no processo de aprendizagem é o aluno. E isso tem uma razão de ser.

Com as tecnologias emergentes tivemos e ainda passamos por mudanças na forma como nos relacionamos com o mundo de maneira geral. E na educação não é diferente. Precisamos entender que o processo de ensino também precisava evoluir e caminhar neste sentido.

A terminologia e “aprendizagem ativa” começou a ser utilizada e debatida pelo professor inglês R.W. Revans ainda na década de 1930. E estudos apontam que as metodologias ativas de ensino em si surgiram na década de 1980. Fato é que o debate a importância sobre esta nova forma de aprender e ensinar não é nova.

Além disso, conseguimos ver que as metodologias ativas de ensino já são mais que um debate, mas uma realidade. Esta já e uma alternativa ao método tradicional de ensino, e podemos ver isso quando um dos princípios da Base Nacional Comum Curricular é justamente a promoção do aluno como protagonista no processo de ensino-aprendizagem.

Um dos incentivadores e porque não dizer precursores das metodologias ativas de ensino foi William Glasser e sua pirâmide de aprendizagem. William Glasser foi um psiquiatra norte-americano, estudante da saúde mental, educação e comportamento humano, que pesquisou durante anos uma nova forma de aprender.

Os resultados dos seus estudos mostraram que caso os estudantes fossem expostos a metodologias ativas, o desenvolvimento e aprendizado seriam melhores, e a partir disso ele criou um gráfico em forma de pirâmide de conhecimento.

No topo da pirâmide representando 10% da aprendizagem está a leitura, ouvindo aprendemos 20%, assistindo 30%, escutando e vendo 50%, debatendo, refletindo, reproduzindo 70%, praticando 80% e ensinando aos outros 95%.

Esse estudo trouxe algo importante para evolução da metodologia ativa de ensino, afinal, foi possível comprovar que as formas que se encontram base da pirâmide, os três últimos tópicos que foram falados, são onde ficam as formas ativas de ensinar e aprender, e as que alcançam um melhor resultado.

Com mais estudos e evolução deste método surgiram várias técnicas e estratégias de incluir a metodologia ativa de ensino no dia a dia da sala de aula, promovendo um ensino onde o aluno é protagonista da educação. Algumas dessas formas são: sala de aula invertida, atividades em grupo, promoção de debates, pesquisas em campo, uso da tecnologia nas mais diversas situações.

Todas essas novas maneiras de ensinar trazem inúmeros benefícios aos alunos. A qualidade e melhoria do aprendizado é o primeiro ponto a ser notado. Fatores como aumento da autonomia, protagonismo do aluno, aprofundamento do senso crítico são outros pontos visíveis nos alunos que tem acesso ao processo de ensino por meio de metodologias ativas.

Além disso, esse tipo de ensino também promove colaboração com os colegas, melhorando aspectos de relação entre os alunos. O desenvolvimento do senso de responsabilidade e uma maior compreensão da importância de participação na sociedade é algo que também aparece com a nova forma de aprender.

E os benefícios não param. O aluno exposto a esta forma de aprendizagem desenvolve confiança, tem mais satisfação ao aprender, afinal o processo é mais lúdico e interessante.

É possível perceber que os elementos aprendidos com as metodologias ativas de ensino extrapolam a formação de conteúdo do aluno. Aspectos sociais importantes e até mesmo características essenciais para um futuro profissional são trabalhadas desde cedo.

Nas nossas próximas conversas vamos aprofundar um pouco mais sobre esse universo das metodologias ativas de ensino. Você já faz uso dessas técnicas em sala de aula? Consegue perceber os benefícios acontecendo? Compartilhe nos comentários a sua opinião!

Um comentário em “O que são metodologias ativas de ensino?”

Deixe seu comentário