O futuro da educação é o ensino híbrido?

ensino híbrido

Temos que concordar com um fato importante: a tecnologia se tornou grande aliada em nossa rotina em diferentes frentes. Na área da educação ela também já era uma realidade, mas devido a pandemia do coronavírus, a presença foi primordial e aumentada. De uma hora para outra implementamos as ferramentas tecnológicas para nos auxiliar, elas possibilitaram a viabilidade de continuação do processo de aprendizagem.

Apesar de ter sido algo considerado como “novo jeito de aprender”, isso já é visto como tendência há algum tempo, e tem nome e sobrenome: ensino híbrido e hoje vamos conhecer um pouco mais sobre essa forma de ensino.

O que é o ensino híbrido?

Essa metodologia prevê aliar dois métodos de ensino, o presencial e o online. É visto como uma forte tendência, pois é inegável a forma como a tecnologia faz parte das nossas vidas, então por que não a usar para ensinar e aprender?

Usar esse modelo de aprendizagem possibilita extrair o melhor dos dois mundos e impacta não só na maneira em que é passado o conteúdo, mas também como é feita a organização das salas de aula, planejamento pedagógico. É essencial que tanto a parte online, quanto a presencial se complementem e tragam uma experiência única e inovadora para o aluno.

Fazer uso dessas ferramentas tecnológicas não desvalida o conhecimento que temos sobre educação até hoje. Pelo contrário, o ensino híbrido possibilita o uso de recursos didáticos que envolvem novas tecnologias e personalizam o ensino melhorando o desempenho dos alunos.

Quais as vantagens em se adotar o ensino híbrido?

Uma das principais vantagens que essa metodologia traz é a autonomia aos estudantes. Além disso, proporciona flexibilidade do local de estudo e o tempo dedicado a ele. A adaptabilidade da rotina e o uso de tecnologias traz também uma proximidade a tudo que faz parte da realidade do estudante, tornando o ensino mais dinâmico.

Colocar o aluno no centro da coordenação de como será o seu processo de aprendizagem também ajuda a potencializar seu rendimento, uma vez que a escolha é feita por ele, e também é seguida cada um a seu ritmo, coisa que no ensino tradicional não era possível fazer.

Como implementar o ensino híbrido?

A primeira coisa a ser levada em consideração para que seja possível a implementação do ensino híbrido é o planejamento da aula. Por existirem muitas técnicas possíveis para o ensino presencial e online, é preciso que os profissionais envolvidos desenvolvam um melhor caminho para que os alunos consigam alcançar melhores resultados. Vamos algumas técnicas que são possíveis dentro do ensino híbrido

Rotação individual

Nessa forma de ensino os professores criam um roteiro para cada aluno. O principal desafio é fazer com que o estudante passe pelas estações mais importantes que atendam às necessidades de aprendizagem e sanem suas dificuldades.

Rotação de laboratório

Na rotação de laboratório as salas de aula são divididas em dois grupos. Um dos grupos faz as atividades de maneira online e o outro off-line. Isso acontece por um tempo determinado e depois os grupos se invertem. A aplicação deste método é possível por meio da utilização de laboratórios de informática, ciências, salas de aulas.

Rotação por estações

Aqui diferente das anteriores, o espaço de ensino é off-line e dividido em estações com atividades intendentes. O ponto é que uma delas precisa estar ligada a ferramentas da internet para conseguir fazer as tarefas. Os alunos vão rodando entre as estações.

Sala de aula invertida

O comprometimento e disciplina do aluno é essencial para que esse método funcione. O aluno estuda a teoria de uma disciplina em casa, de maneira online e depois organiza discussões, atividades em grupo e outras atividades em ambiente off-line. Como ele já estudou e tem o conhecimento em casa previamente o desempenho pode ser ainda maior na absorção do conhecimento.

Como já debatemos em textos anteriores, essas são só algumas das possibilidades de aplicação do ensino híbrido. Com as tecnologias a disposição uma infinidade de possibilidades se abriu para educação. E você já conhecia o ensino híbrido? O que acha dessa forma de ensinar? Deixe seu comentário.

Deixe seu comentário